Elo BDSM

Qual é a ligação de fato que existe entre o Dominante e o submisso no BDSM? Como é que funciona essa relação que faz uma pessoa pertencer à outra. O que leva uma pessoa, mesmo que por um curto período de tempo a se entregar de corpo e alma a ou outra.

O que observei e em algumas oportunidades tive a felicidade de experimentar é que esse elo realmente existe e que por algum motivo que não consigo explicar completamente é que essas relações são fortes demais. Fortes, intensas e avassaladoras. Tanto que muitas pessoas fogem delas como no filme 9 semanas e meia de amor.


Essa ligação ocorre tanto em superfície quanto em profundidade. Ela começa em uma região específica, no Universo BDSM e vai se aprofundando e intensificando. Em alguns casos especiais e utópicos ela se alastra para a vida baunilha.

Posso falar apenas de mim e do que vi acontecer. O elo na maior parte das vezes ocorre no primeiro olhar. De carona na realidade que os verdadeiros se reconhecem, uma fêmea reconhece um Macho Dominante a quilômetros de distância (isso foi uma hipérbole). Os olhares se cruzam e pronto, cria-se um canal de comunicação único. A linguagem corporal acontece.

Existem alguns problemas de percurso. Às vezes o elo não acontece com a mesma intensidade nos dois lados. Pior ainda é quando um lado se conecta e o outro não. Mas mesmo esses, dependendo de alguns fatores podem evoluir para a ação e o equilíbrio.

Já amei, ou pelo menos pensei que amei, em várias oportunidades na minha vida. Mas nunca, nenhum sentimento foi tão intenso quanto à verdadeira conexão entre Dono e posse. É algo maior que o amor. Algo difícil de explicar. Fogo puro. Força pura. Energia pura. Coração saindo pela boca sempre (Isso foi uma metáfora, aliás uso metáforas em demasia).

As relações de um Dominador com cada uma de suas escravas é única e linear mas isso vou tratar em outra oportunidade. E cada vez que a interação acontece, todo o resto fica menos importante. Mas aqui cabe um pequeno adendo; quando falo de Dominadores e escravas, estou focado no meu exemplo pessoal, mas quero que entendam, sempre que falar assim, falo de todas as combinações de gêneros (H x m, M x h, H x h, M x m, M x h h m, H x m m m m m, H M x m m h, H H M x m m h m  etc).

E o resto fica mesmo menos importante. Como o ser humano raciocina sempre de forma comparativa, quando esse elo ocorre, todos os outros ficam mais frágeis. Nessa hora percebe-se que, em alguns casos, o que você tem com seu parceiro atual pode ser apenas um sentimento baunilha, comum, simples, apenas carinho e fetiche. Az vezes se percebe que nunca nada parecido foi vivido e no fim esse elo serve como bom termômetro de intensidade e razões.

Quero isso em todas as minhas relações. É a minha escolha. Viver de acordo com a minha natureza e de forma intensa. Quero esse fogo e essa força sempre. Isso me faz sentir mais vivo e completo. É a minha verdade. Mesmo correndo o risco de ver a fuga de pessoas que apenas não estão preparadas para essa intensidade.

A boa notícia é que algumas se atiram e lutam por essas relações como no filme "A Secretária".

Enfim, “Elo BDSM” é um sentimento que é formado de amor e paixão, somando-se a isso confiança e entrega. Tudo isso corre em fluxo e sem as barreiras advindas da interação entre os personagens construídos para atender expectativas da sociedade, comportamento que é padrão no mundo Baunilha. Correndo na direção inversa do que ocorre no Mundo Baunilha, onde a paixão se extingue e o amor migra para uma conexão sem atração sexual, o Elo BDSM tende a tornar a interação cada vez mais intensa e profunda, consequentemente melhor. Quando o Elo BDSM é completo, transcende tempo e distância... e nem um oceano inteiro consegue interferir na relação.

GLADIUS MAXIMUS



► Elo BDSM







4 comentários:

  1. Fiquei pensando o Q-comentar

    - -
    Texto perfeito
    não gosto de parecer repetitiva
    me perdoe, preciso ser..



    (Perfeito Sr..)

    ResponderExcluir
  2. Sem palavras...
    Você deve ter o dom de deixar as pessoas assim.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo21.6.16

    Mestre, Não sei se Viverei esta sintonia (ELO) + espero que um dia , eu viva.
    Pois é , e eu que achei que meu mundinho Baunilha fosse perfeito, que Amar e ser Amada era o suficiente e que isso era o mais Forte ( O Amor) ,pois não é, não sei ainda bem o que é + de certo , é muito mais, Amor tão somente é pouco, quando encontramos alguém que é parte de nós, esta parte que vem da Alma e sentimos falta a todo instante , que faz nosso coração acelerar tanto (estando perto ou não) , que não conseguimos respirar,esta parte que nos Vira do Avesso, nos transforma em Menina, nos tira a Paz e o Equilíbrio, que torna nossa vida um Caos , mais no meio deste Caos, nos traz Carinho, Verdade, segurança e Plenitude a tal ponto de nos entregármos de Corpo e Alma com Mãos amarradas e olhos vendados. Sua Aluna ;)

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.