Submissa de Caça

A ida ao Clube Dominna a partir de Santos dura cerca de 01h15min de carro, e nesse tempo tive a oportunidade de filosofar um pouco sobre BDSM com minha amiga Silenciosa Sub que me acompanhava no trajeto.

E de repente ela dispara uma pergunta que me fez meditar sobre os fundamentos do Universo BDSM. Ela perguntou se o fato de um Dominador mandar que sua escrava ache e traga outras escravas para ele era lícito.

Pedi alguns momentos para pensar no assunto, pois o que me vem de imediato a cabeça, baseado em tudo o que vi e vivi é que sim. Um Top pode mandar um submisso trazer outros submissos para ele.

Por uns momentos fiquei em silêncio tentando achar uma maneira de não ser superficial, pois ninguém merece uma resposta desse tipo.

Achei melhor então falar dos fundamentos e deixar que ela mesma concluísse a resposta.
Comecei com o básico que é o S.S.C.

São, Seguro e Consensual. Disse a ela sobre o “São”, o que diz respeito a parte de não misturar os mundos e deixar que o que acontece em um interfira no outro para não se perca a Sanidade Mental, o “Seguro” que trata de todas as questões de segurança física, incluindo o cuidado no uso correto das técnicas e o “Consensual”, que fala dos limites de cada parte e de que as coisas que vão ocorrer estão absolutamente clara.

Falei, se um submisso, pertence de verdade a um Top, esse Top não teria o direito de exigir tudo que estivesse dentro dos limites pré-negociados no início da relação?

Ela respondeu da forma esperada.

A partir daí, comecei a meditar sobre os fundamentos e as diferenças e semelhanças fundamentais existentes entre o Mundo Baunilha e o Universo BDSM.

E para começar essa série de matérias sobre fundamentos vou mais fundo nesse assunto de caça.

Eu acho lícito sim que um Dom ou Domme instrua seu submisso a recrutar outros submissos e isso é válido por pelo menos dois motivos:

1. A posse deve fazer o que seu possuidor deseja. É uma das regras básicas (claro que se para isso submisso é tolerante, competente e está agindo de acordo com a consensualidade);

2. Como a maioria dos Dominantes gosta que seus submissos interajam, o fato deles trazerem os futuros parceiros, lhes dá a chance de escolherem pessoas que tenham alguma afinidade e diminuindo as chances de ocorrerem problemas no relacionamento múltiplo.

É uma coisa muito comum escravas bissexuais caçarem para os Donos. Já no caso das heterossexuais a coisa complica, pois essas têm a tendência de querer algum tipo de exclusividade utópica e bizarra. Falarei sobre isso em outra matéria.

Outra coisa comum a todos os praticantes do BDSM é a questão do recrutamento. É muito comum presenciar baunilhas sendo trazidos para os encontros pelos amigos praticantes de BDSM.

Os verdadeiros são militantes e entusiastas. Acabamos em algum momento falando desse Universo fantástico para os amigos mais próximos. Ou então recebendo os curiosos sérios nas salas de bate-papo da vida (meio pelo qual eu me aproximei do meio BDSM de São Paulo).

Se você submisso, traz algum conhecido para o meio, quem você vai recomendar para que essa pessoa experimente e aprenda sobre o assunto? Claro, que se você é uma pessoa egoísta, mesquinha e está no BDSM pelos motivos errados nunca vai apresentar o SEU Top. Pois ele é SEU... e você jamais vai DIVIDIR seu Top com quem quer que seja. Essa é uma boa maneira de checar seus motivos.


GLADIUS MAXIMUS


► Submissa de Caça - Fundamentos 




Submissa de Caça Submissa de Caça Reviewed by GLADIUS MAXIMUS on março 09, 2009 Rating: 5

Um comentário

  1. Anônimo30.8.12

    Que belo texto! Parabéns!
    Sempre que dá um tempinho corro aqui e tento absorver mais.

    Márcia B.

    ResponderExcluir