25.6.11

Meus limites

O que não faria se alguém lhe pedisse algo? Cite apenas algumas coisas. by filthydarkporn

Fácil. Atendo a pedidos sem problema... gosto de ajudar. Faço sempre tudo que está ao meu alcance para quem quer que seja.

O que não faria? Algo que estivesse fora do meu alcance.

Com relação ao BDSM... subserviência plena, mulher objeto e orgasmo forçado, entre outras coisas. Enfim, vejo o BDSM como um estilo de vida e não um fetiche.

Por outro lado, existe um grupo de práticas que não me dão prazer diretamente, mas que não me afrontam, e são utilizadas para alavancar o prazer de determinadas parceiras durante o processo de dominação/submissão. É o que ocorre, por exemplo, no caso de agulhas, injeção salina e suturas... 

Busquei por técnicas e informações, para que pudesse oferecer a elas novas experiências. 

No mais, não faria nada de extremo, bizarro ou dentro do universo do Scat, só para citar alguns exemplos.


GLADIUS MAXIMUS











>>>>>>> Deixe seu comentário e compartilhe!

5 comentários:

  1. Acho que todos temos certos limites, mas o que nos tornam diferentes é a ciência deles.não pude evitar...e voltei rsrs.

    Abraços!

    Lilith

    ResponderExcluir
  2. Posso depreender de que há uma preocupação do Dominador em relação ao prazer da parceira? Foi a impressão que tive quando o Senhor se referiu a práticas que não Lhe dão prazer diretamente, mas não o afrontariam caso fosse para alavancar o prazer das meninas.

    Fico a me perguntar: precisaria algum dia desta alavancagem de prazer? Por enquanto não senti esta necessidade.

    Com meus respeitos e minha admiração
    alicia.rj

    ResponderExcluir
  3. fiquei curiosa sobre Scat, nunca tinha ouvido o termo.
    é indescritível a sensação que tenho lendo esses posts, o senhor aspira confiança. Sorte das que lhe pertencem. ;)

    ResponderExcluir
  4. Uma passagem rápida no Google e a definição de Scat é: "técnica de canto que consiste em cantar vocalizando tanto sem palavras como palavras sem sentido..." significado que obviamente não se aplica.
    Um trecho de um texto na página dos resultados me levou a deduzir que tem algo a ver com consumir "resíduos fisiológicos" (acho que esse termo não choca tanto), minha dedução está correta? Em caso afirmativo, isso faz parte do BDSM? Não me parece São nem Seguro. Porém quem sou eu pra julgar.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Scat é todo um universo da sexualidade onde as pessoas manipulam e até ingerem dejetos e fluidos humanos.

      Não é algo que faça parte do BDSM como quase nada do que é usado como técnica é. Por exemplo, Spanking, Podolatria, Shibari, Fuck Machines e Age Play existem em universos próprios e são usados no BDSM.

      Então, da mesma forma que um Dominante pode aplicar umas boas palmadas ou fazer uma obra de arte com cordas do Shibari na sua posse, também pode, se for algo consensual fazer uso de práticas do Scat com ele a título de humilhação.

      O importante é que tudo esteja de acordo com as vontades e limites de todos que participam da interação.

      Excluir

Blog sobre relacionamentos, dominação, submissão, fetiches, sexualidade e estilo de vida BDSM. Dominador puro e natural, habitante do Universo BDSM 24/7, cara de mau, mão pesada, bem-humorado para poucos e como John Wayne... Feio, forte e formal.

>>> LEIA MAIS

CONSULTORIA

IMPORTANTE!

Todas as práticas, atividades e comportamentos relacionados ao BDSM devem ser realizados dentro dos limites do SÃO, SEGURO E CONSENSUAL.

Para além do S.S.C. e da hierarquia, que são conceitos básicos e fundamentais dentro das relações BDSM, tudo o que eu falo representa apenas a MINHA VISÃO sobre esse universo.

Quando falo de dominadores, submissas e relações... vale para todos os gêneros e combinações. O que importa é a posição hierárquica da parte, ou seja, se é dominante ou submissa.

F.A.Q.

Diário de um Dominador: comece por aqui!

Criei este blog com o objetivo de compartilhar a minha jornada como Dominador e ajudar outras pessoas que estão em busca de autoco...

NOVIDADES

BATE-PAPO