"Proximidade" é uma história real?


Boa noite Sr. Gladius! Eu li sua história Proximidade, Ela é uma história real ou uma fantasia? 

Realmente muito bem escrita, mas, perdoe-me a franqueza, se parece muito com minhas histórias lidas na juventude de romances Sabrina... Sei que este universo trabalha muito com o imaginário e fico a perguntar-me se as pessoas vão para este universo não é justamente buscar esta fantasia?Passei minha vida inteira justamente deixando de viver algo real pq nunca se igualavam as histórias das fantasiadas por estes romances... só que na vida real elas não existem... este príncipe encantado, forte,determinado que vence todas as resistências da mocinha não existe... ele cansa e foge ao primeiro tropeço.

Entendo o seu ponto de vista... e de antemão fico feliz e envaidecido por achá-la muito bem escrita. 

Infelizmente nunca li nenhum desses romances que citou, mas se você os lia creio que deveriam ser muito bons, então vou levar esse comentário como um elogio.

O que poucas pessoas sabem é que esta história foi escrita com um objetivo bem específico que vou contar agora. Estou escrevendo um livro e nesse processo venho lendo muitos livros e estudando sobre narrativa e construção de histórias.

Minha experiência escrevendo nunca passou de descrever as conclusões sobre o que vi e vivi, tanto nos textos quanto nas histórias. E isso está anos luz de distância do que é realmente necessário para se escrever um livro.

Neste exercício teste escrevi uma história que poderia se encaixar perfeitamente na primeira terça parte de um romance. Testei a parte de descrição de clima e ambiente e também a inserção de vários personagens e também de diálogos entre eles. Ainda aproveitei para construir uma cena que tivesse o tamanho de um capítulo de livro.

Gostei muito do resultado, tanto que dele já passei direto do planejamento de roteiro do livro para a execução dos capítulos.

Concordo também que a retumbante maioria dos que vem para o BDSM, inicialmente o fazem para buscar fantasias que os levem para lugares melhores do prazer do que os que têm acesso na sua vidinha sem graça baunilha. 

Com uns poucos eleitos (eu incluído), a coisa funciona de forma um pouco diferente. São pessoas que vem para o BDSM para viver BDSM e não para realizar fantasias.

Para a minha vida real, estas histórias não são histórias... são dia a dia. Comecei a escrever o Blog e colocar nele a minha filosofia e as minhas histórias reais justamente para mostrar que é possível se ter o BDSM como a sua vida real.

Agora, respondendo às suas perguntas: Sim, a história é real... não muito recente... estou muito longe de ser um Príncipe Encantado... estou bem mais para o Cavaleiro Negro... mas sou forte... não existe a necessidade de se vencer resistências... determinação sobra...  mas para me manter firme no propósito de viver BDSM.

Ahhh... a mocinha da história cometeu muitos tropeços... mas ainda me serve muito bem. 

Não me canso das minhas posses, pois são treinadas para serem o que eu quiser que sejam... ou seja, são como uma caixa enorme de Lego, que para quem conhece, sabe que é um brinquedo que não tem fim... e também só fica melhor com o tempo.

GLADIUS MAXIMUS

3 comentários:

  1. Anônimo28.4.16

    achei que as postagens apenas mostram o lado pseudo-burgues classe média, do tipo "tradição, propriedade e família" que alicerça as praticas bdsm, mas tentando ser de algum modo "rebelde", quando se propoe questionar o que considera como "baunilha", porém sem causa, posto que de fato nao transgride os valores "baunilha" apenas os reforçam com praticas que no fundo tambem se embasam na perspectiva propriedade, tradição e familia (grupo de praticantes de bdsm). Alem disso, muitas vezes as postagens refletem uma concepção machista e muitas vezes misógina, objetificadora da mulher e do feminino, rebaixando o desejo feminino apenas a aspectos sexuais supérfluos. Enfim, um desserviço à liberdade de expressão do desejo sobretudo feminino.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Resposta a isso aqui:

      http://www.gladiusbdsm.com/2016/05/respondendo-ao-um-sem-nocao-bdsm.html

      Excluir
  2. Anônimo3.7.16

    O senhor disse aqui algo mto verdadeiro.. esta quase impossivel axsr quem queira viver o BDSM...
    Qnd eu coloquei meu perfil em 3 sites incluindo fetlife choveeuu dominadores..
    Aparentemente niguem mais quer ser escrava... soh se axam bottons por ai... ngm mais quer servir em 24/7... TPE entao nem pensar...
    Vejo mta sub dizendo q nao se identificam com "O" do filme... e simplesmente nao entendo... sei q faria td pelo meu dono... ele tem minha mente e meu corpo...
    Infelizmente ele mora longe de mim.. e ainda nao nos vimos pessoalmente... torco firmemente para q de certo pq ja o tenho como meu senhor...
    Ate por que nao eh facil... hj em dia o povo soh que sessoes "avulsas"...
    Axar um.bom dono q nao queira apenas sexo tb eh dificilimo... vou agarrar o meu e se deus quiser nao largar nunca.. hehe

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.