Sexo e BDSM

Não conseguir fazer sexo fora do contexto BDSM é perder, em algum sentido, a liberdade de poder fazê-lo fora desse universo?

O principal nesse caso é que sejam estabelecidas duas coisas: o que é sexo dentro de um contexto BDSM e se onde ele será praticado colabora com  tal contexto.

Contexto BDSM é qualquer interação com hierarquia entre duas ou mais pessoas. Apesar do BDSM ocorrer dentro do universo maior da sexualidade humana, nem tudo que nele ocorre tem uma conotação sexual direta.

No BDSM, o sexo não existe como no mundo baunilha. No BDSM, não se pratica sexo, ou melhor,  um Dominante usa a sua posse sexualmente... como poderia usá-la de qualquer outra forma. O uso sexual é apenas uma das maneiras (e nem é a mais divertida na minha opinião) de se brincar com uma posse.

Quanto ao onde...  este funciona como um bom elemento intensificador, tanto quanto o ritualismo e outras coisas que diferenciam o Universo BDSM do mundo baunilha. Mas como já coloquei no post Dimensões, estes universos não são lugares físicos e sim dimensões criadas dentro da relação.

Portanto, o onde colabora, porém não é essencial. Como a Dimensão BDSM ocorre primariamente entre pessoas que compartilham um Elo BDSM, o lugar faz pouca ou nenhuma diferença. Desde um quarto de hotel, passando por debaixo das mesas de restaurantes, até simples trocas de olhares... quando as partes têm um Elo BDSM verdadeiro.... bolhas dimensionais BDSM  ocorrerão naturalmente.

Creio que qualquer forma de tempero irá colaborar para uma experiência sexual mais proveitosa, seja lá de qual universo venha esse tempero. Então, pela lógica, sexo dentro de um contexto, seja lá qual for,  equivale a temperar ou apimentar o seu “fazer sexo”.

O termo “baunilha apimentado” vem justamente daí, do ato de se alavancar a intensidade e o prazer sexual, utilizando-se técnicas e procedimentos diferentes dos ditos “normais”.

Isto posto, a questão se transforma, uma vez que a melhor leitura seria: depois de ter experimentado um ato sexual mais prazeroso e intenso, faz algum sentido voltar a me satisfazer com menos?

Depois de andar de montanha russa é óbvio que continuo a ter liberdade para voltar ao carrossel. Mas por que faria isso?


GLADIUS MAXIMUS


► Sexo e BDSM





2 comentários:

  1. Fernanda29.11.10

    Opinião de quem não entende nada disso tudo.

    Se vc é uma posse e deu direito ao seu(a) dono(a) de mandar na sua vida sexual. Sinto muito, mas vc perdeu a liberdade de decidir sobre isso. Converse com seu(a) dono(a) se tiver vontade de sexo de outra forma. Quem sabe ele(a) não te libera para praticar com outro(a) ou resolve te usar de forma diferente?

    Se vc só se envolve com pessoas do universo BDSM e acha que está perdendo por não praticar sexo de outra forma (se está perguntando é pq acha) ou sentindo falta, não se prenda. Abra o jogo com seus parceiros(as).

    O que vc não pode é se enganar. Não minta pra si mesma(o) e não fuja dos seus instintos. Faça o que tiver que fazer pra tirar suas dúvidas ou ser feliz. Seja honesta(o) com vc e com seus parceiros, dono, posses, etc. Afinal, neste universo tudo é consensual.

    Por último, se não estiver satisfeita(o) com a forma de sexo do seu parceiro (a). Troque de parceiro (a) e ache um(a) compatível com suas necessidades. Mesmo não sendo base para algumas relações BDSM, sexo é muito importante no relacionamento.

    ResponderExcluir
  2. Anônimo10.9.12

    um sorriso...e um suspiro...rss
    Perfeito!
    ninguem é obrigado a entrar...mais ao tomar a decisão de entrar, que se faça isso de forma consciente pois depois de experimentar as subidas e descidas...o frio na barriga da dita "montanha russa",será inevitável não se sentir um tolo num "carrossel"
    telma

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.