9.3.09

Relações BDSM - Fundamentos – Baunilha x BDSM

Aqui vou discorrer sobre as diferenças e similaridades das interações entre os dois Universos e vou demonstrar como a mesma coisa tem nomes diferentes dependendo do ponto de vista. Vou tratar de várias questões polêmicas e vou ir comparando as visões de ambos Universos.

Vou começar pelo mais polêmico e discutido de todos, que é o direito de um Top ter quantas posses quiser (na verdade, quantas tiver direito ou merecer).

Dominadores no BDSM / Garanhões no mundo Baunilha – Dommes no BDSM / galinhas baunilha. Nesse caso vou me concentrar nos Dominadores, pois as Dommes com múltiplos escravos e escravas normalmente não são criticadas e vou fazer isso em primeiro lugar observando o que acontece de verdade no mundo baunilha.

Um livro bom de se ler é “Porque os Homens fazem Sexo e as Mulheres Fazem Amor”. Nele você vai ter uma visão crítica e bem humorada do casal Alan e Barbara Pease, sobre as características do Homem e da Mulher.

Entre outras coisas, aliás muitas outras coisas, o livro chama a atenção para o porquê os homens tendem a ser polígamos e para o enorme erro que as mulheres cometem em tentar entender os homens a partir dos próprios valores femininos. Essa questão dos valores é ilustrada com exemplos do tipo, “eu faço carinho nele porque o amo, ele não me faz carinho então ele não me ama”. As mulheres chegam a essas brilhantes conclusões erradas apenas pelo fato de não entenderem a realidade que o livro trata de que somos bichos diferentes.

Se quiserem saber as razões genéticas e evolutivas que levam os homens a poligamia compulsiva eu sinceramente recomendo o livro.

Aqui vou tratar do fato em si. E faço isso fazendo uma colocação e em seguida formulando uma pergunta.

Se, não existe (pelo menos eu nunca encontrei um ao longo da minha vida), um homem que tenha recebido da mamãe no útero toda a carga de testosterona que ele tinha direito que não tenha a tendência a devorar uma fêmea que esteja ao seu alcance, por que achar que vai encontrar no BDSM, um Dominador de verdade (que também é uma coisa rara de ver), e esperar que ele se limite a apenas uma parceira, sendo que é justamente nesse Universo que devemos viver de acordo com a nossa verdadeira natureza.

O impressionante é perceber que algumas mulheres preferem viver a mentira e a hipocrisia de uma falsa fidelidade baunilha do que pertencer a um grupo ou clã de um Dominador que mereça isso.

Será que DIVIDIR o seu Dono de forma pública é tão ruim assim? Me parece estranho que uma posse possa possuir. Só aí os fundamentos são desrespeitados.

Já disse em outras oportunidades que as relações em si são diferentes. No Universo Baunilha as relações são igualitárias e necessitam de hipocrisia, mentira, dissimulação e conformismo para não entrarem em colapso. No BDSM as relações são desiguais e unidirecionais. Um Top só existe a partir do momento que um botton (posse) lhe investe de poder. Não é boa essa insistência em trazer todo o ranço e tristeza das relações Baunilha para o BDSM.

O melhor exemplo é daquele Rei que grita ordens de cima do seu trono... para ninguém. Sem ter alguém para lhe seguir e obedecer, um rei não é nada. Sem um botton para lhe dar chão, um Top não é nada.

E qual é a saída para essas questões de distorção de sentimentos? Como abordar a realidade da maneira correta? A resposta é simples: os fundamentos. Não deixar que os mundos se misturem.

No meu caso, por exemplo, sou casado com minha posse principal. No mundo Baunilha sou extremamente fidedigno (dentro dos parâmetros Baunilha). Lá sou o Max, pai dedicado, guardião zeloso, profissional sério. Quando cruzo a fronteira, sou GLADIUS MAXIMUS, a fera e a fúria. O meu núcleo, o que move todo o resto.

GLADIUS é o que é. Têm escravas e múltiplos relacionamentos BDSM. Sempre teve, sempre foi assim e sempre vai ser. A sutil diferença é que minhas posses tem acesso ao meu todo enquanto os outros só conhecem o Sr. GLADIUS.

Esse formato que adoto foi desenvolvido e foi evoluindo depois algumas relações, de muitos anos de observações, de erros e acertos. Não sei se posso chamar de perfeito dado que a perfeição é algo divino. Mas é o caminho reto e coerente que achei para viver e ser feliz. É um formato simples e lógico que já vi em outros dominadores que respeito com algumas pequenas variações.Um amigo Goreano um dia me disse uma frase sobre Gor. Ele disse “Gor não é justo, Gor é Gor".

Eu aproveito isso e estendo para todo o resto, as coisas são como são, o Universo BDSM não é para qualquer um e a pessoa tem que ter a consciência que vai se confrontar as vezes com seus maiores medos. Ela tem que escolher, correr dessa intensidade como a heroína em 9 Semanas e Meia de Amor ou lutar para merecer pertencer a um Top de valor, como em A Secretária. O Universo BDSM e mais do que justo, ele é o que é. E se você não tiver cacife não entre no jogo.

GLADIUS MAXIMUS



► Relações BDSM - Baunilha X BDSM



>>>>>>> Deixe seu comentário e compartilhe!

Um comentário:

  1. Fidelidade? é um "ser" pequeno, fraco, que pode se atar a traição num piscar de olhos... prefiro viver com a lealdade... bj.

    ResponderExcluir

Blog sobre relacionamentos, dominação, submissão, fetiches, sexualidade e estilo de vida BDSM. Dominador puro e natural, habitante do Universo BDSM 24/7, cara de mau, mão pesada, bem-humorado para poucos e como John Wayne... Feio, forte e formal.

>>> LEIA MAIS

CONSULTORIA

IMPORTANTE!

Todas as práticas, atividades e comportamentos relacionados ao BDSM devem ser realizados dentro dos limites do SÃO, SEGURO E CONSENSUAL.

Para além do S.S.C. e da hierarquia, que são conceitos básicos e fundamentais dentro das relações BDSM, tudo o que eu falo representa apenas a MINHA VISÃO sobre esse universo.

Quando falo de dominadores, submissas e relações... vale para todos os gêneros e combinações. O que importa é a posição hierárquica da parte, ou seja, se é dominante ou submissa.

F.A.Q.

Diário de um Dominador: comece por aqui!

Criei este blog com o objetivo de compartilhar a minha jornada como Dominador e ajudar outras pessoas que estão em busca de autoco...

NOVIDADES

BATE-PAPO