29.7.10

Preferências - Rebeldia, baunilha e outros ingredientes

Baseada na tua resposta em relação a vícios (devorei todas elas), porque é dependente apenas de mulheres tocadas por BDSM, se diz que quanto mais rebeldes melhor? Não acha que mulheres das tais relações baunilha, seriam um desafio instigante para um DOMINADOR??

Não sou dependente de um tipo específico de fêmea. O que me atrai realmente é todo um conjunto de fatores. Como todo o prato de qualidade da culinária, todos os ingredientes e temperos devem estar em perfeito equilíbrio. Rebeldia é um dos meus ingredientes preferidos, mas não absolutamente necessário.

Passei os 18 primeiros anos de estrada fora do “meio” BDSM, logo só tinha para interagir mulheres que recrutava no mundo baunilha. Apresentava o que eu era e o universo de possibilidades que as aguardava. As “tocava” com o BDSM e dependendo da reação a esse “toque”, a relação andava ou não.

Chegando ao meio, comecei a interagir com mulheres tecnicamente já “tocadas” pelo BDSM e o que percebi é que a maioria absoluta apenas pensava que tinha tido esse toque. Não sei se porque elas tinham tipo apenas experiências de fetiche (sem BDSM) ou se o que eu trazia era realmente algo diferente.

De um jeito ou de outro, mesmo as mais experientes se surpreendiam com o estilo que eu apresentava então a minha experiência de recrutamento e iniciação foi extremamente útil.

Vendo hoje por um ângulo mais realista o que ocorre é que por mais que as pessoas sejam experientes e diferentes são sempre iniciantes uma em relação à outra.

Resumindo, quanto mais rebelde melhor, mas se não tão rebelde e tendo todos os ingredientes básicos para uma boa nutrição eu vou me banquetear. Quanto às mulheres das tais relações baunilha... todos fomos baunilha, iniciantes e começamos alguma coisa nova em algum momento de nossas vidas. Tendo os ingredientes, ser baunilha não é o que vai fazer diferença. O que vai fazer diferença é como ela vai lidar com os novos valores BDSM que lhe serão apresentados.

Nada mais instigante para mim do que ser o guia nessa transição/elevação do Mundo Baunilha para o Universo BDSM... e saborear todo o processo.


>>>>>>> Deixe seu comentário e compartilhe!

9 comentários:

  1. A metáfora entre uma mulher e um prato de comida me surpreendeu, confesso...
    Mas já ouvi meu irmão dizer que mesmo quem come caviar todos os dias , ás vezes tem vontade de comer um hot dog prá variar, penso então que esse tipo de associação é típica de homens, indiferente se BDSM ou não!
    Obrigada pelas respostas, postei algo sobre o assunto em meu blog...se houver interesse de sua parte, sua visita será muito bem vinda!
    Beijooooous (agora sei que pode..rs)

    www.tudodenostodos.blogspot.com

    Bell

    ResponderExcluir
  2. Bell

    Um dos conceitos básicos que uso no meu Blog desde o princípio e citado em alguns dos primeiros textos merece ser repetido agora.

    Todas as minhas colocações entre Dominantes e posse, ou Tops e Bottons, salvo as em que eu faço um direcionamento específico no texto, são extensíveis para todas as combinações de gêneros entre as partes envolvidas na relação, sejam lá quantas forem.

    Eu procuro me policiar e sempre falar em Tops ou Dominantes para fugir da confusão gerada pela língua portuguesa no que tange aos plurais entre gêneros que sempre são masculinos.

    Mesmo assim, salvo aquelas raras e louváveis exceções, Tudo o que falo de Dominadores, vale também para Dominadoras. Essa metáfora do alimento incluída.

    Não quis de forma alguma no texto sobre o qual você comenta, comparar a mulher com um prato de comida no sentido pejorativo e nem a intenção de diminuir a sua importância. Nesse caso como em tantos outros, o exemplo se estende para todos os gêneros e vale para dar ênfase à intensidade e ao tipo de relação que o BDSM oferece.

    Mas a sua colocação é tão oportuna que me inspirou a pensar em texto específico sobre esse assunto. Nele pretendo deixar bem claro tudo o que penso sobre gastronomia e nutrição BDSM.

    Fico feliz com a sua participação ativa no meu Blog. É uma das coisas que me manter nutrido e estimulado a continuar a produzir material para ele. Quanto ao seu convite, farei sim uma visita ao seu Blog.

    G.M.

    ResponderExcluir
  3. Otima postagem Sr

    bjs de mel ursinha

    ResponderExcluir
  4. Sempre associei o BDSM à comida.
    Não sei pq, mas isso é muito forte dentro de mim.
    Então, vou esperar para degustar esse texto que o Senhor ficou de escrever.
    Saudações respeitosas.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo8.8.10

    Boa noite,

    Surpreendí-me com seu blog. Sou sub do tempo em que o Dom "farejava" sua sub. Ainda não me adapto ao sistema virtual e, sinceramente, creio que jamais o farei. Ainda sou do tempo em que o olho no olho é determinante.
    Ainda não li tudo, mas chegarei lá.

    Parabéns pelos textos, inteligentes, bem escritos e o melhor de tudo, passam verdade e sinceridade.

    Brasília, em um domingo suave,

    Alice

    ResponderExcluir
  6. Concordo plenamente com seu pensamento e nda vejo de ruim em ser comparada a um belo prato pra saciar a fome rs
    Como saí do mundo baunilha a uns 6 meses e ainda sou bem rebelde, vejo em meu dono o mesmo olhar q o seu, nda como moldar uma escrava sem vícios, transformar a peça a seu gosto...parabéns pelo texto, adoraria sua visita ao meu se assim desejar, um bj e saudações.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo20.8.14

    Gostaria de Saber se o senhor é de Brasília...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sou nascido, criado e ainda morador em Santos / SP

      Excluir
  8. Anônimo27.8.15

    Olá, Gladius!
    Estou amando seu Blog. Já estou na pág 10 ( o/).
    Estava quase desistindo (depois de alguns meses de busca) de continuar a saga para encontrar pessoas q transmitem verdade no q falam, sem se importarem em agradar.
    Confesso q algumas vezes me "desagradou". Mas a relação custo-benefício me fez ir além.
    Li q vc é designer (e de Santos *.*).
    Mas, espero (de vdd) q não me leve a mal mas não pude resistir: vc exerce aquela máxima do pessoal de Mkt de forma explendorosa: "a propaganda é a alma do negócio".
    Consegue nos remeter a sabores e sensações nunca antes experimentados;
    Parabéns. Principalmente por nós dizer q esse mundo é uma montanha russa mas sem nunca nos omitir os riscos inerentes à essa "diversão" radical.
    Aprendendo muito.
    Saudações de uma aprendiz.

    ResponderExcluir

Blog sobre relacionamentos, dominação, submissão, fetiches, sexualidade e estilo de vida BDSM. Dominador puro e natural, habitante do Universo BDSM 24/7, cara de mau, mão pesada, bem-humorado para poucos e como John Wayne... Feio, forte e formal.

>>> LEIA MAIS

CONSULTORIA

IMPORTANTE!

Todas as práticas, atividades e comportamentos relacionados ao BDSM devem ser realizados dentro dos limites do SÃO, SEGURO E CONSENSUAL.

Para além do S.S.C. e da hierarquia, que são conceitos básicos e fundamentais dentro das relações BDSM, tudo o que eu falo representa apenas a MINHA VISÃO sobre esse universo.

Quando falo de dominadores, submissas e relações... vale para todos os gêneros e combinações. O que importa é a posição hierárquica da parte, ou seja, se é dominante ou submissa.

F.A.Q.

Diário de um Dominador: comece por aqui!

Criei este blog com o objetivo de compartilhar a minha jornada como Dominador e ajudar outras pessoas que estão em busca de autoco...

NOVIDADES

BATE-PAPO