22.8.12

Dominador Ideal

BDSM, dominação, submissão, dominador, ideal
“Oi, achei esse blog meio sem querer, não sou conhecedora do assunto, então desculpas antecipadas se eu estiver falando bobagem... Esse conceito do que vem a ser um "dominador ideal" eu entendi que é algo muito além da prática em si, é emocional, psicológico, algo como saber "ter" o poder sobre o outro... e nesse âmbito, eu realmente gostaria de saber, esse homem existe? Porque se existir me fala onde o encontro. rsrs”  Márcia B.
Comentário realizado no post “Apresentando: os Sem Noção”

Tenho certeza que o Dominador Ideal existe. Mas Dominantes de verdade são criaturas difíceis de encontrar. 

A grande questão está na formação básica desta pessoa... No seu caráter, princípios éticos e postura diante da vida. Algo que vai muito além do Universo BDSM. Ou seja, terá que encontrar alguém capaz de assumir a responsabilidade por seus próprios atos. Erros ou acertos... Um Homem, no sentido mais amplo desta palavra. Um homem de verdade.

Além disso, não basta que esta pessoa tenha o potencial para dominar (um dominante natural, digamos assim). O exercício da dominação é algo que leva tempo e que demanda inúmeras experiências ao longo da vida. Portanto, é um processo contínuo, um longo aprendizado. E é justamente através desta vivência que o Homem de Verdade poderá se transformar no Dominador de Verdade. Alguém que seja capaz de cuidar e ser responsável pelo poder que conquistar diante de outra pessoa. 

Por fim, ainda tem que contar com a sorte deste Homem ser compatível com você. Aqui entram questões como: química, interesses comuns, princípios e valores, aceitação da natureza do outro etc. 

Em minha opinião, as unanimidades, além de serem e monótonas, são difíceis de encontrar. Assim, não existe um “Dominador ideal” e sim, um “ideal” para você.

O que complica é o fato desses alinhamentos em termos de compatibilidade são transitórios... Temporários. Somos humanos e por conseqüência, sujeitos a mutações. Influências externas nos mudam (nem sempre para melhor). Fatores como ambiente, pessoas e até o tempo que passa nos lapida e aperfeiçoam (alguns se desgastando, mofando e apodrecendo).

Então... Isso de caminhar lado a lado (no caso do BDSM, seguindo ou sendo seguido) com o seu parceiro fica complicado. Em muitos casos, essa proximidade dura apenas um tempo. E o parceiro fica longe... Longe demais.

Só resta a vida real. Que não é perfeita. É só vida. E para viver da melhor forma possível, deve buscar se aprimorar na escolha das pessoas que irão te cercar. E uma vez escolhidas, trabalhar na manutenção da relação, respeitando-se sempre sua própria natureza e valores. Caso ocorra uma determinada incompatibilidade que a distancie de seu parceiro, converse com ele e busque realinhar os interesses e desejos de cada um. 

Dessa forma, creio que o “prazo validade” da relação será “prorrogado” pelo tempo que o alinhamento for mantido.

O “Dominador ideal”, ou melhor, parceiro “ideal” existe... Mas tão somente pelo período em que um bom encontro for possível. 

GLADIUS MAXIMUS


► Dominador Ideal




>>>>>>> Deixe seu comentário e compartilhe!

23 comentários:

  1. Mais um post bem bacana... parabéns!

    ResponderExcluir
  2. Nossa, uma bela complementação ao comentário da moça, que também se mostrou bem mais "entendida" ao menos em interpretar o seu post, do que inúmeros ditos Dominadores por aí, não pude deixar de comentar, como sempre gosto muito do que o sr escreve. Parabéns!
    {Sophia}_LS.

    ResponderExcluir
  3. Anônimo23.8.12

    Gladius,

    Foi brilhante a tua colocação sobre a questão do "dominador ideal" ele ao meu ver também é um conceito que varia um pouco de gosto a gosto de cada submissa porem a essência é a mesma em cada um... Dominar!!! Acho que o caminho mais facil para praticar a dominação sobre uma fêmea esta na prática sobre o dominio de si mesmo e das condições externas que cerca o dominador. Ao meu ver um conjunto de fatores pessoais que faz um homem dominar e se transformar em dominador naturalmente.


    Sds
    Well

    ResponderExcluir
  4. Anônimo24.8.12

    Oi, fiquei feliz em ver que o comentário rendeu um post.

    Refletindo com o que vc escreveu, sobre esse dominador ideal, homem de verdade, é impossível não pensar em como a modernidade está fazendo efeito no que se refere a encontral o tal exemplar dominante hoje em dia...
    Eu tenho 25 anos, e os homens da minha idade são tudo, menos dominantes. Não saber possuir o "controle" dos relacionamentos, esperam atitudes das mulheres para tudo, tanto para iniciar um relacionamento, quanto para terminar. Claro que há excessões, pessoalmente eu desconheço quem queira se dar esse trabalho...
    No meu ver tanto homens quanto mulheres podem ser considerados culpados nesse aspecto. A natureza feminina evoluiu (ou retrocedeu, não sei dizer) bastante nos últimos anos, décadas... enfim, com as conquistas da mulherada ao longo dos anos, trouxe dentre muitas outras coisas, a liberdade e a iniciativa por parte da mulher.
    Isso não é problema, é algo ótimo MAS também interferiu diretamente no papel de cada um homem/mulher dentro de um relacionamento... deixou o homem preguiçoso, sem iniciativa, sem criatividade...rsrs.
    Não sei aí no universo BDSM, mas do lado de cá a coisa tá feia.
    Espero um dia quem sabe encontrar um belo especíme do assunto do qual falamos, não que eu seja uma autêntica submissa, mas seria bom, pra variar topar com um homem de verdade. Desejem-me sorte!

    Márcia B.

    ResponderExcluir
  5. Anônimo1.9.12

    A pior coisa é estar no comando, qdo na vdd se quer o contrário. O q fazer qdo a pessoa q amamos não tem um perfil DOM, mas...amamos? Confuso e angustiante! =(
    Beijos meus, Bell

    ResponderExcluir
  6. Geniosa9.9.12

    Senhor Gladius
    Gosto muito dos textos que escreve, nao concordo com algumas coisas mas a maioria me agrada e faz pensar sobre os meus sentimentos e desejos.
    Sou baunilha, esse assunto me interessa e excita e como acredito que esse assunto e extremamente serio, tenho procurado ler e ato mais leio, mais me interesso e tenho vontade de viver isso mas antes sei que ainda tenho MUITO que aprender.
    Gostaria muito que a Sr pudesse me responder uma grande duvida: e possível que uma deficiente física como eu possa entrar nesse mundo e encontrar um Dom que se sinta atraído e que possa apresentar essa nova realidade a ela?
    Nao estou falando de devotes, eu particularmente nao tenho nada contra eles, mas nao gosto.
    Nao sou cadeirante,sei das minhas limitações e tenho muita vontade de experimenter coisas novas.
    Com todo respeito queria tb saber se existe preconceito com as pessoas deficientes cadeirantes ou nao nesse "mundo paralelo" digamos assim,pq o preconceito na sociedade "baunilha" e realmente palpavel chega a ser brutal.
    Obrigada

    ResponderExcluir
  7. Geniosa12.9.12

    Boa noite Sr.
    Nao consigui ler o seu post sobre empréstimo, por favor,disponibilize - o de novo para que eu possa ler.
    Aprecio muito seus textos, sempre muito claros, extremamente objetivos, a verdade nua e crua,escritos com muito bom gosto e em certas partes engraçados as vezes, gosto das comparações que o Sr. faz me fazem rir.
    Gostaria de poder manter contato, se o Sr. me permitir.
    Já espero seu próximo texto.

    ResponderExcluir
  8. Geniosa

    Obrigado pelos elogios aos textos. A ideia desde sempre foi trazer a quem se interessasse a minha visão e experiência. Não sou um grande escritor, o que faço é apenas descrever de forma fiel a minha verdade. Escrevo como falo... para mim é difícil... prefiro falar.

    Quanto ao texto sobre empréstimos, chequei os atalhos e estão funcionando. A princípio, falei sobre este tema no tópico que segue no link abaixo:

    http://www.gladiusbdsm.com/2008/03/emprstimo-fronteiras-e-limites.html

    Para começar um contato comigo existem vários meios entre eles, mensagens pelos meus perfis em sites de relacionamento ou pelo formulário de contato aqui mesmo no Blog.

    https://www.facebook.com/mastergladiusmaximus
    https://fetlife.com/users/11298
    http://www.gladiusbdsm.com/2010/12/contato.html

    ResponderExcluir
  9. Geniosa13.9.12

    Muito gentil da sua parte.
    Muito obrigada e por favor na medida do possível nao fique muito tempo sem escrever.
    Boa noite Sr.

    ResponderExcluir
  10. Geniosa14.9.12

    Sr.Gladius
    Como percebi que e muito claro e objetivo em tudo que escreve, será que poderia fazer a gentileza de responder uma pergunta que e importante pra mim, se uma deficiente física nao cadeirante como eu pode entrar nesse universo a parte ou se o "pre - conceito" tb existe como no resto da sociedade impossibilitando a realização de desejos.Isso pode virar um post se desejar.


    ResponderExcluir
  11. Geniosa

    Vc pediu e a sua questão virou um Post. Espero que encontre nele de forma bem clara a minha opinião sobre o assunto.

    http://www.gladiusbdsm.com/2012/09/deficientes-fisicos-no-bdsm.html

    GLADIUS MAXIMUS

    ResponderExcluir
  12. Caro Mestre Gladius,
    Suas respostas são as mais sinceras, você responde com sentimento.
    O Soneto de Fidelidade de Vinícius de Moraes fala:

    De tudo ao meu amor serei atento
    Antes, e com tal zelo, e sempre, e tanto
    Que mesmo em face do maior encanto
    Dele se encante mais meu pensamento.
    Quero vivê-lo em cada vão momento
    E em seu louvor hei de espalhar meu canto
    E rir meu riso e derramar meu pranto
    Ao seu pesar ou seu contentamento
    E assim, quando mais tarde me procure
    Quem sabe a morte, angústia de quem vive
    Quem sabe a solidão, fim de quem ama
    Eu possa me dizer do amor (que tive):
    Que não seja imortal, posto que é chama
    Mas que seja infinito enquanto dure.
    Concorda comigo?
    Obrigada Mestre.

    ResponderExcluir
  13. Acho que um conceito básico da qualidade total pode ser usado neste caso... não existe o tipo ideal, mas o mais adequado para você. E como o mundo gira (e a fila anda), nada é igual para sempre...
    Então, independente se é mundo BDSM ou baunilha, relações serão sempre relações e a história de existir uma "tampa para cada panela" (ou para mais de uma...rs) vale para todos.

    ResponderExcluir
  14. Anônimo9.1.13

    Estava dando uma volta e sem querer acabei aqui.Curiosa dei uma olhada em tudo ,seu "mundo" é surreal pra mim.Essa coisa de " potencial para dominar (um dominante natural, digamos assim)",isso não existe,né? É como o principe encantado das historinhas.E sua resposta:"O “Dominador ideal”, ou melhor, parceiro “ideal” existe... Mas tão somente pelo período em que um bom encontro for possível", extremamente volúvel.Com todo respeito dessa leiga no assunto,mas eu achava que no "seu mundo" as relações fossem mais duradouras que no "meu mundo" devido ao grau de comprometimento que requer essa escolha de vida.

    ResponderExcluir
  15. Anônimo7.3.13

    Exatamente como penso ! Um dominador e responsavel por quem cativa ! Tenho uma vontade imensa de servir ... mais me agrada muito ver a expressao no rosto de quem sofre por desejo .... e um silencio sombrio frio e prazeroso ... uma linguagem de olhos ... um açoite na alma !Ainda nao me defini neste meio ... estou a espera !

    ResponderExcluir
  16. A mais ou menos 3 meses eu e meu marido começamos a praticar o BDSM, no inicio era tudo uma maravilha, meu marido se interessava sobre o assunto, lia, pesquisava, ele era um ótimo Dom, mas com o passar do tempo, parece que ele perdeu totalmente a vontade de Dominar, hoje em dia não temos mais sessões, penso que a culpa seja minha, por não ser uma sub tão boa assim, mas sempre dei o melhor de mim pra atender as vontades dele, não sei o que fazer.

    ResponderExcluir
  17. Anônimo12.2.14

    Adorei o blog... tenho dificuldades em me auto moldar como dominador. Desapegar das amarras culturais que trago comigo. Sou gay, e sempre tive vontade de mandar no sexualmente no meu namorado, mas não rolava.
    Ao término do namoro descobri que outro ex tinha ibteressr por bdsm, era um submisso nato.
    Estou com ele como seu dono, tudo esta rolando naturalmente, acho que para encontrar o sub ou dom "ideal" é preciso olhar para si e perguntar se esta mesmo querendo isso. Se realmente você quer isso.

    ResponderExcluir
  18. Anônimo7.5.14

    muito claro e bem colocado. Parabéns! - Lili Lili facebook

    ResponderExcluir
  19. acho que as pessoas precisam entender mais sobre isso e ai é bem explicado eu sou iniciante e tenho muito o que aprender mas quero aprender da forma correta,e achei esta explicação com muito rico em detalhes! parabens!

    ResponderExcluir
  20. Este comentário foi removido por um administrador do blog.

    ResponderExcluir
  21. Oi,jóia com vcs?
    Adorei o blog
    Meu namorado é um cara muito show
    Companheiro,carinhoso,Compreensivo
    Agente tem uma sintonia muito forte,conselheiros,
    E ele tem sempre um ombro ou um colo pra me oferecer quando estou nos meus
    dias dificeis... porem quando estamos nos nossos momentos íntimos ele gosta de morder com força e de dar palmada,puxa meus cabelos eu particularmente eu gosto muito...acho exitante,
    Antes dele sempre namorei com caras normais e logo o namoro ficava morno e eu terminava,com o atual estou apaixonada quero casar com ele é tudo mais...
    Então gostaria de saber se é da natureza de pessoas dominadores gostaram de morder,bater,etc...É se existe grau de dominadores?
    Desde já obrigado

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ola... tudo sempre bem comigo.
      .
      Pela descrição do seu parceiro, creio que deu a sorte que muitas pessoas passam a vida perseguindo e não alcançam, que é a de encontrar um parceiro compatível com você.
      .
      Pela descrição, esse moço aparenta ter características de macho dominante ou alfa. Essa brutalidade que ele exterioriza com você é inerente ao indivíduo que não reprime ou ignora o seu lado mais primitivo e se ele aflora com você indica que de fato formam uma boa parceria.
      .
      Pessoas Dominantes gostam na verdade é de dominar, não necessariamente gostando de ter o "morder, bater etc" no processo.
      .
      A questão dos graus de Dominadores pode ser abordada de várias formas, mas Dominadores de verdade são criaturas tão raras que prefiro mais falar em "estilos diferentes".
      .
      No mais, apresente o universo BDSM para que ele tenha a oportunidade de se aprimorar e quem sabe atingir um grau de sofisticação que o qualifique como Dominador de verdade, pois potencial para isso ele já demonstra.
      .
      O importante é que deixe que isso flua naturalmente, pois a estrada de crescimento e evolução do Dominador é solitária. O que você pode fazer é evoluir como submissa e com isso manter ele sempre em contante estado de "conquista" dessa parte de você.

      Excluir
    2. Em tempo... Esse assunto foi abordado no dia 08/02/2016 no Programa Papo com Gladius, na Rádio Web www.agitaplaneta.com que vai ao ar ás quartas-feiras, das 20:00 às 21:00 horas. Este programa em breve está disponível no meu Canal do Youtube https://www.youtube.com/channel/UCB62w4KArpM83Dgf55UduZw.

      Excluir

Blog sobre relacionamentos, dominação, submissão, fetiches, sexualidade e estilo de vida BDSM. Dominador puro e natural, habitante do Universo BDSM 24/7, cara de mau, mão pesada, bem-humorado para poucos e como John Wayne... Feio, forte e formal.

>>> LEIA MAIS

CONSULTORIA

IMPORTANTE!

Todas as práticas, atividades e comportamentos relacionados ao BDSM devem ser realizados dentro dos limites do SÃO, SEGURO E CONSENSUAL.

Para além do S.S.C. e da hierarquia, que são conceitos básicos e fundamentais dentro das relações BDSM, tudo o que eu falo representa apenas a MINHA VISÃO sobre esse universo.

Quando falo de dominadores, submissas e relações... vale para todos os gêneros e combinações. O que importa é a posição hierárquica da parte, ou seja, se é dominante ou submissa.

F.A.Q.

Diário de um Dominador: comece por aqui!

Criei este blog com o objetivo de compartilhar a minha jornada como Dominador e ajudar outras pessoas que estão em busca de autoco...

NOVIDADES

BATE-PAPO