9.8.10

Dominação Psicológica - Riscos

Na prática de DP existe o risco do TOP deixar a sub insegura e abalar sua auto-estima, mas como avaliar se ela está apta a tal prática, e como ela pode se "proteger" de problemas psicopatológicos já que qualquer ser humano está suscetível a um surto?

Numa busca direta no Google, DP dentro do Universo da Sexualidade significa Dupla Penetração. No entanto, pelo contexto da sua pergunta imagino que esta se refira a Dominação Psicológica, então vou manter o foco nisso.

Também não vou me aprofundar muito neste momento, pois acho que esse tema merece um post específico onde posso discorrer sobre os estragos que podem ser causados por e em pessoas que não estão prontas para essa brincadeira, tanto psicológicos quanto físicos. Mas sobre isso preciso meditar mais.


Respondendo diretamente a sua pergunta posso adiantar que tudo é bem mais simples do que parece. Então, por partes:

1. Pessoas inseguras e com problemas de auto-estima têm que procurar a companhia de um psicólogo antes de manter qualquer tipo de relação em qualquer universo.

2. Quanto a se avaliar pronto ou não para esta ou aquela “prática”, vai de cada um saber reconhecer seus próprios limites. A dupla-penetração serve bem como metáfora, pois até para isso a pessoa tem que estar bem preparada.

3. Normalmente os problemas psicopatológicos não são causados pelas relações, sejam quais forem. Eles vêm de outras regiões da nossa mente e tanto a proteção quanto a cura estão no item 1.

Acredito firmemente que o Universo BDSM ocorre na existência de ordem e hierarquia. Também, na condição de Dominador natural, não vejo como dividir a Dominação em grupos ou estilos.

Dominação é um estado definitivo como uma gravidez. E tal como não existe uma mulher meio grávida também não existe uma posse meio dominada. Outra coisa é que:

"Toda Dominação É psicológica, pois a Dominação puramente física é ilegal. "

Não falo da Dominação como uma prática sexual ou fetichista, falo da Dominação pura, do ato de exercer o poder e o controle sobre outra pessoa.

Tudo acontece no psicológico. Desde a mais suave conexão onde apenas a subserviência é explorada pelo Top até a mais intensa onde o Top leva a sua posse além dos seus limiares de prazer, o elo sempre é mental.

O maior gesto de auto preservação de uma posse é ter a consciência de onde exatamente está se metendo. Se em elos mais fracos e instáveis como o amor baunilha já existem riscos dos tais surtos, no elo BDSM onde a entrega e confiança são muito maiores os tais surtos podem ocorrer também, e de forma muito maior.

Resumindo, certifique-se que tem cacife antes de ocupar um lugar na mesa deste jogo.


>>>>>>> Deixe seu comentário e compartilhe!

8 comentários:

  1. Saudações SR.
    com todo o respeito.. gostei do resumo da resposta dada a pergunta tão bem pertinente a este assundo.

    meus respeitos.

    ResponderExcluir
  2. Aguarderei Seu post sobre Dominação Psicológica, é um assunto que me interessa particularmente. Mas sobre sua resposta aqui, em especial quando diz haver riscos já na relação baunilha quiçá no BDSM, penso o seguinte: tudo na vida tem um ônus e um bônus, os riscos entendo como ônus. Nas relações, sejam do tipo que forem, para mim ocorre o mesmo. Ao adentar no "parque de diversões" se eu optar pela montanha-russa(BDSM) ao invés da roda-gigante(baunilha)devo estar ciente que ela me proporcionará sensações, sentimentos e prazeres únicos e intensos(isso seria o bônus), só que da mesma forma devo saber que o ônus quando e se vier, também será intenso. Cabe a mim me conhecer e saber de fato onde "brincar", até porque outra opinião que tenho é de que no BDSM não existem riscos calculados. Risco calculado vejo em relações "engessadas", coisa que não creio possa caber no BDSM.
    Saudações Senhor

    ResponderExcluir
  3. Assim como todos os outros posts, muito esclarecedor e bem escrito...adoro ler o que você escreve!
    Beijooous da Bell

    ResponderExcluir
  4. Anônimo10.8.10

    Pessoas autodestrutivas devem procurar tratamento adequado. Em relação ao um possível “surto”, qualquer fato na vida de um ser humano pode ocasionar uma crise, isso vai depender do estresse que a pessoa sofra no seu dia a dia.
    O tema é bacana e se você tiver a oportunidade de comentá-lo em seu blog, tenho certeza que vai ser um texto bem interessante.
    Atenciosamente,
    MS.

    ResponderExcluir
  5. Aaaahhhh...como eu gostaria de dizer o que penso para o senhor!!!!!

    Mas teria que ser na sua frente e não por aqui.

    Por causa desses seus textos "interessantes e envolventes", bem escritos, sim...deixei-me envolver, escrevi algo para meu DONO que aaaamoooo de paixão e me fodi!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Acredito que basta! E nem vem me dizer que não tenho cacife para este jogo...(acredito que não tenho mesmo!!!!!!kkkkk)...será que sou auto-destrutiva também??????? (só isto que me falta!!! rs- sou não!!! Pelo contrário...)

    Tenha uma boa tarde.

    Embora, porém, entretanto, todavia...gosto de ler você!!!!!!!!!!!

    Abraço...

    ResponderExcluir
  6. Lua, endiabrada, Bell e Anônimo.

    Feliz pela participação ativa de vcs.
    Quero que vocês fiquem a vontade, não só para tecer quaisquer comentários sempre que quiserem como também a propor questões em perguntas diretas pelo meu Formspring.

    G.M.

    ########################

    Bruna

    Por partes...
    obrigado em primeiro lugar pelos elogios.

    Quanto a questão do fato de se deixar envolver e ter escrito algo para o seu Dono que ama de paixão... e você ter se f... bom... se dado mal... ficou no ar o que aconteceu. Não entendi se a deficiência está no meu texto ou no seu Dono.

    Quanto a você dizer o que pensa, olhos nos olhos é a minha maneira preferida.

    Fique a vontade para falar o que pensa quando quiser.

    Abraço

    G.M.

    ResponderExcluir
  7. Anônimo15.8.10

    Agradecida pela resposta, felizmente a resposta foi bem parecida com o que penso, me faz lembrar a maxima infantil "SE NÃO SABE BRINCAR SAI DO PLAY", aguardando o post sobre DOMINAÇÂO PSICOLOGICA como criança aguarda um doce... e mais uma coisinha ... desculpe pela abreviaçao dubia, escrevi tão rapido que nem associei a tal Dupla Penetração...ainda bem que o Sr entendeu o que quiz dizer... obrigada e beijos.

    ResponderExcluir
  8. 1º Estou gostando muito do seu blog.

    2º Sobre a parte em que voce compara os riscos de um surto psicologico entre um amor baunilha e uma relaçao BDSM. Acredito que, a pessoa que se propos preparada para relaçao BDSM, com todas as "regras" e esclarecimentos necessarios para o inicio dessa relaçao, os riscos podem atenuar.

    ResponderExcluir

Blog sobre relacionamentos, dominação, submissão, fetiches, sexualidade e estilo de vida BDSM. Dominador puro e natural, habitante do Universo BDSM 24/7, cara de mau, mão pesada, bem-humorado para poucos e como John Wayne... Feio, forte e formal.

>>> LEIA MAIS

CONSULTORIA

F.A.Q.

Diário de um Dominador: comece por aqui!

Criei este blog com o objetivo de compartilhar a minha jornada como Dominador e ajudar outras pessoas que estão em busca de autoco...

NOVIDADES

BATE-PAPO